Arquivos | janeiro, 2014

Artista de renome internacional expõe no CIS-Guanabara

Obra poderá ser vista na exposição

Obra poderá ser vista na exposição

“Rios ruas casas árvores – uma pintura geneticamente modificada” dá título à mostra de Mário Gravem Borges, que acontece entre os dias 6 e 28 de fevereiro no Espaço de Arte do CIS-Guanabara, na Estação Guanabara, em Campinas. A exposição recoloca temas históricos da pintura e os explora com semântica atualizada a partir de referências em vários campos do saber. Propõe configurações visuais e recursos plásticos que se valem de noções de escala, reprodutibilidade da imagem e serialização, e incorporam os sinais oriundos de interferência eletrônica. Em “Rios ruas casa árvores”, a pintura é tratada como arte pictórica, planar e bidimensional, ou seja, o quadro na parede que ocupa o espaço da sala. A mostra dá prosseguimento ao trabalho desenvolvido e exposto recentemente por Mário Gravem Borges em espaços como a Coordenadoria de Desenvolvimento Cultural (CDC) Unicamp, Galeria Geraldo Jurgensen e outros.

Sobre o artista
Mário Coelho de Souza Gravem Borges, pintor, nasceu em Campinas, em 1948, e  formou-se  em Design pela ESDI, RJ. Pós-graduado pela Universidade de Londres e com Cursos de Extensão no Chelsea-Westminster Institute em Pintura, Desenho e História da Arte, participa, desde 1978,  em exposições coletivas e individuais  em Londres, Harrow, Leeds, Amsterdã, Liége, Montecarlo e Chicago, além de  cidades brasileiras, como  Rio de Janeiro, Florianópolis, Joinville, Ribeirão Preto, Maceió, Campinas e São Paulo. É um dos sócios-fundadores e cogestor de  fundação cultural brasileira em Londres – Brazilian Contemporary Arts Trust, hoje BCA, e foi um dos  artistas brasileiros a ter mostra individual no Institute of Contemporary Arts, ICA de Londres, Inglaterra, e, em sua carreira, entre artistas vivos, a  ter obra selecionada,  exposta, leiloada, publicada em catálogo e vendida na  Christie’s International de Londres com tema referente à sua cidade de origem. É citado em publicações no Brasil e na América Latina, além de Holanda, Bélgica e Inglaterra; participou da elaboração de programas culturais, além de conselhos, simpósios, congressos e conferências no Brasil e Argentina. Foi eleito por três mandatos consecutivos no Conselho Municipal de Cultura em Campinas como representante da área de Artes Plásticas.

A mostra contará com uma vernissage no dia 06 de fevereiro, à partir das 19h.

Serviço
Evento: Exposição Rios ruas casas árvores – uma pintura geneticamente modificada
Curadoria: Fabio Cerqueira
Data: 6 a 28 de fevereiro
Horário: das 9 às 17 horas, de segunda a sexta-feira
Vernissage: 06 de fevereiro às 19h
Local: Estação Guanabara
Realização: Coordenadoria de Desenvolvimento Cultural (CDC), Pró-Reitoria de Extensão e Assuntos Comunitários (Preac), CIS-Guanabara e Unicamp
Mais informações: 19-3233-7801 (CIS-Guanabara) e 3521-1732 (CDC)

Comentários desativados em Artista de renome internacional expõe no CIS-Guanabara

Tags: , ,

Artista paulistano traz imagens digitais para o Cecom

Print

Obra poderá ser vista no Cecom

Paisagens imaginárias intrigantes que, ao mesmo tempo, transmitem paz. Essa é a proposta da exposição Mental Rest (descanso metal, em tradução livre), do artista Vicente Bernabeu, que acontece entre os dias 5 de fevereiro e 11 de março, na Unicamp. São 11 pinturas digitais feitas em Photoshop CS4, onde o artista utiliza a perspectiva em todas elas, formando pinturas simples, mas objetivas, como o próprio artista define. O tema, ainda segundo Bernabeu, surgiu a partir de uma pintura feita por ele, sem pretensão de integrar uma exposição. Mas foi a partir desse primeiro trabalho que veio a ideia de fazer uma sequência. A exposição Mental Rest já pôde ser vista pelo público em Blumenau (SC), Brasília (DF) e São Paulo (SP).

Bernabeu é paulistano e sempre esteve envolvido com arte, participando de exposições pelo país e pelo exterior, workshops e fazendo cursos na área. Trabalhou com criação e ilustração em agências de publicidade, escritórios de design gráfico, jornais, empresas de tratamento de imagem etc., e frequentemente contribui para sites com suas charges.

O Projeto Espaço de Arte é administrado pela CDC e a curadoria da exposição é de Fabio Cerqueira.

Serviço
Evento: Exposição Mental Rest
Data: 5 de fevereiro a 11 de março
Horário: das 8 às 18 horas, de segunda a sexta-feira
Local: Centro de Saúde da Comunidade (Cecom) da Unicamp – Rua Vital Brasil, 150, Barão Geraldo – Campinas/ SP
Realização: Coordenadoria de Desenvolvimento Cultural (CDC), Pró-Reitoria de Extensão e Assuntos Comunitários (Preac), Centro de Saúde da Comunidade (Cecom) e Unicamp
Mais informações: 19-3521-9002 (Cecom) e 3521-1732 (CDC)

Comentários desativados em Artista paulistano traz imagens digitais para o Cecom

Artista Natália Martins expõe série de fotografias “Capitu” na AFPU

ilustração site

A captura de olhares em exposição na AFPU

No dia 03 de fevereiro a artista plástica Natália Martins inaugura sua exposição “Capitu”, no Espaço de Arte da Agência de Formação Profissional da Unicamp – AFPU.

Natália Martins, residente em Hortolândia, é ex-aluna do curso de bacharelado e licenciatura em artes visuais do Instituto de Artes da Unicamp e, apesar do pouco tempo de estrada, já mostra uma maturidade diferenciada no trato com as telas e máquinas fotográficas.

O tema da exposição é a célebre personagem que dá nome à exposição, que integra o rol de personagens do livro Dom Casmurro, de Machado de Assis, livro que traz como personagens principais Bentinho e a própria Capitu. A trama central da narrativa está na dúvida se Capitu teria mesmo traído Bentinho, narrativa esta que encontra-se permeada por especulações. As descrições que são feitas de Capitu por Bentinho e até outros personagens põe em evidencia a figura feminina, seus encantamentos propositais ou não, indiferente da faixa etária e suas inquietações.

Uma das passagens mais conhecidas e marcantes no livro é quando Bentinho descreve os olhos de Capitu:

“Tinha-me lembrado a definição que José Dias dera deles, “olhos de cigana oblíqua e dissimulada.” Eu não sabia o que era obliqua, mas dissimulada sabia, e queria ver se podiam chamar assim. Capitu deixou-se fitar e examinar. Só me perguntava o que era, se nunca os vira, eu nada achei extraordinário; a cor e a doçura eram minhas conhecidas. A demora da contemplação creio que lhe deu outra ideia do meu intento; imaginou que era um pretexto para mirá-los mais de perto, com os meus olhos longos, constantes, enfiados neles, e a isto atribuo que entrassem a ficar crescidos, crescidos e sombrios, com tal expressão que… Retórica dos namorados, dá-me uma comparação exata e poética para dizer o que foram aqueles olhos de Capitu. Não me acode imagem capaz de dizer, sem quebra da dignidade do estilo, o que eles foram e me fizeram. Olhos de ressaca? Vá, de ressaca. É o que me dá ideia daquela feição nova. Traziam não sei que fluido misterioso e enérgico, uma força que arrastava para dentro, como a vaga que se retira da praia, nos dias de ressaca. Para não ser arrastado, agarrei-me às outras partes vizinhas, às orelhas, aos braços, aos cabelos espalhados pelos ombros, mas
tão depressa buscava as pupilas, a onda que saía delas vinha crescendo, cava e escura, ameaçando envolver-me, puxar-me e tragar-me. Quantos minutos gastamos naquele jogo? Só os relógios do céu terão marcado esse tempo infinito e breve.”

Há de se pensar aqui que os olhares trazem a essência do ser humano e representam um elemento que continua o mesmo, independente da faixa etária. Essa característica da personagem Capitu é essencial para o trabalho em questão, em que foram fotografadas seis mulheres, entre elas duas crianças; seus olhares e expressões.

Serviço: Exposição de Arte “Capitu”
Artista: Natália Martins
Local: Espaço de Arte da AFPU – Praça das Bandeiras, 45, Campus Unicamp, Barão Geraldo – Campinas/SP
Data: De 03 de fevereiro a 07 de março de 2014
Horário de visitação: Segunda à Sexta-feira, das 9h00 às 17h00 (visita mediante agendamento)
Informações: 19-3521-4507 (AFPU), 19-3521-1732 (CDC)
Contatos da Artista: 19-98286-0967, natx.martins@gmail.com, atrasdalinha.blogspot.com

Comentários desativados em Artista Natália Martins expõe série de fotografias “Capitu” na AFPU